MELANOMA

Fatores de risco

Alguns fatores de risco já são conhecidos para o desenvolvimento do melanoma, porém, a exposição solar sem proteção continua sendo o maior deles.
Conheça alguns fatores de risco para aumentar sua proteção!

  •  Exposição solar: Pessoas que tomaram muito sol ao longo da vida sem proteção adequada e/ou sofreram queimaduras solares, tem maior risco de desenvolver o melanoma.

  • Características da pele: Pessoas com a pele clara, olhos claros, com cabelos loiros ou ruivos proporcionam menos proteção contra os raios UVA e UVB. Peles claras com sardas ou que se queimam facilmente estão em maior risco.
  • Histórico Pessoal: Pessoas que já tiveram melanoma, ou uma lesão pré-cancerosa, câncer de pele de células basais ou escamosas, possuem  mais chances de desenvolver um novo melanoma.
  • Histórico familiar: se um ou mais membros da sua família tiverem sido diagnosticados com melanoma, maior será o risco de você desenvolvê-lo. Portanto o acompanhamento com o dermatologista deve ser feito regularmente e os cuidados com o sol deverão ser redobrados.

  • Pintas Congênitas: Pintas congênitas são conhecidas popularmente como pintas de nascença. Pessoas que possuem pintas congênitas grandes têm um risco aumentado de desenvolver o melanoma.
  • Número elevado de pintas (nevos): pessoas com 50 ou mais pintas  possuem um risco aumentado.
  • Queimaduras solares em uma idade jovem: apenas uma queimadura solar em uma idade jovem duplica suas chances de desenvolver um melanoma.

  • Sistema imunológico enfraquecido: certas doenças ou tratamentos onde ocorre o enfraquecimento do sistema imunológico do paciente, como por exemplo pacientes com órgãos transplantados e portadores de HIV, possuem um risco aumentado de desenvolver o melanoma.
  • Idade: o aumento de diagnósticos de melanoma em adultos jovens tem aumentado nos últimos anos. Quando existe um histórico familiar, as chances de receber um diagnóstico em faixas etárias menores é aumentado.

blog: notícias e artigos

  • Como fazer o autoexame na pele das crianças?
      Prevenção começa na infância! O autoexame ajuda a detectar precocemente o melanoma e outros problemas cutâneos, e precisa fazer parte da rotina das crianças. Observe mensalmente a pele dos seus filhos, registre as pintas que eles têm  e verifique se ocorre algum tipo de mudança. Preste atenção inclusive às áreas não expostas ao sol, … Continue lendo "Como fazer o autoexame na pele das crianças?"...
  • Pacientes que tiveram melanoma podem fazer depilação a laser?
    Apesar de os equipamentos a laser para finalidades estéticas não oferecerem risco de causar câncer de pele, a depilação a laser não é recomendada para pacientes ou ex-pacientes de melanoma. Isto porque ainda não há estudos conclusivos para confirmar se pode ou não ocorrer alteração de nevos após o procedimento. O ideal é que quem … Continue lendo "Pacientes que tiveram melanoma podem fazer depilação a laser?"...
  • Como escolher e aplicar o filtro solar nas crianças?
    As crianças têm a pele bastante sensível e delicada. Precisam de cuidado redobrado com a fotoproteção. Como os raios solares têm efeitos cumulativos e acredita-se que receberemos toda a radiação UV acumulada ao longo da vida até os 18 anos, o filtro solar é um artigo indispensável na rotina dos pequenos. Mas qual como escolher … Continue lendo "Como escolher e aplicar o filtro solar nas crianças?"...

Posts por tema

Mídias Sociais